Serviço Social

24/09/2018

Cihdott do HUSFP/UCPel promove ações pelo Setembro Verde

Ver fonte
A vida pode continuar, sim! Com essa mensagem a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott) do Hospital São Francisco de Paula da Universidade Católica de Pelotas (HUSFP/UCPel) pretende sensibilizar a comunidade sobre a importância da doação de órgãos. Para ampliar a visibilidade do Dia Nacional de Doação de Órgãos, celebrado em 27 deste mês, surge a Campanha Nacional de Doação de Órgãos, lembrada em todo país como Setembro Verde.

O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos e incentivar o debate sobre a doação e o transplante de órgãos. O Médico Intensivista e Coordenador da Cihdott/ HUSFP, Luciano Teixeira, explica que o tema envolve ainda muito desconhecimento e por isso a importância de fomentar o debate e o esclarecimento de dúvidas. 

A campanha quer lembrar as pessoas que é fundamental conversar com seus familiares em vida e expressar o desejo de se tornar doador após a morte. “É importante inserir o assunto nas conversas familiares para quebrar o tabu que envolve o tema, já que na maioria dos casos o potencial doador é alguém que tem seu sistema funcionando bem e tem morte decorrente de um quadro traumático agudo”, argumenta o médico. As ações buscam fundamentalmente reduzir a lista de espera por órgãos.

Para determinar a morte encefálica existe uma legislação nacional, amplamente discutida pela classe médica brasileira e estabelece o Protocolo de Morte Encefálica seguido rigorosamente pelos hospitais. A Central de Transplantes do Estado mantém contato durante os protocolos e fiscaliza todo o processo. “O principal mito envolvendo a doação de órgãos é o medo de que sejam retirados os órgãos de um paciente ainda vivo. Algumas famílias têm essa insegurança. Porém o protocolo envolve duas etapas clínicas e um exame que diagnosticam a morte encefálica, que significa a parada total e irreversível das atividades do tronco cerebral, que é a estrutura mais nobre do cérebro”, explica.

A família é comunicada após a conclusão de cada etapa do protocolo e se forem preenchidos todos os critérios o protocolo é encerrado com diagnóstico de morte encefálica. “Neste momento é feita a declaração de óbito, visto que não há nenhuma dúvida sobre isso. É uma situação trágica e de muita dor, quando a família precisa tomar uma decisão muito difícil. Então se já tiverem conversado sobre o assunto será menos dolorido para os familiares informarem a vontade que já havia sido manifestada”, acrescenta.

Para promover o debate e esclarecer dúvidas sobre o tema a Cihdott/HUSFP promoverá nesta semana uma série de atividades:

Programação:

24 e 25/09 – Roteiro de sensibilização pelos andares do hospital, voltado para público interno;

26/09 – 18h - Chico em Ação no saguão da Universidade Católica de Pelotas (UCPel);

28/09 – 8h - 1º Simpósio de Doação e Transplante de Órgãos e Tecidos – Centro Acadêmico II do Hospital Universitário;
*Evento destinado a profissionais da área da saúde

30/09 – 9h - Pedalada pela Doação de Órgãos – Saída do Supermercado Big. 

Redação: Mariana do Amaral 


foto da notícia

Por Portal UCPel

18/09/2018

Colóquio na UCPel reúne técnicos e usuários de políticas sociais

Ver fonte
Traçar uma agenda coletiva para qualificação das políticas sociais é a meta do 2º Colóquio sobre Políticas Sociais da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). Diversos públicos de Pelotas e municípios vizinhos estarão reunidos no dia 26 de setembro para debater a garantia de direitos voltados ao bem-estar dos cidadãos. 

Uma das inovações desta edição foi a realização de encontros prévios, chamados de minicolóquios, nos municípios de Pelotas, Rio Grande, Arroio do Padre, Canguçu e Capão do Leão. Ao todo, 30 encontros já ocorreram, oportunidade em que técnicos, conselheiros, usuários e gestores puderam analisar como as políticas sociais estão sendo efetivadas.

De acordo com a professora da UCPel, Vini Rabassa da Silva, dos encontros prévios, foi possível constatar a necessidade de investimento nas políticas sociais. “Qualificar a assistência aos diversos públicos usuários, melhorar a articulação entre técnicos e comunidade, investir em infraestrutura para qualificar o atendimentos foram alguns dos itens que já apareceram”, pontua.

Elogios, críticas e sugestões apontadas nos eventos serão reunidos para apresentação e debate no dia 26, informa a professora Mara Rosange de Medeiros. “A partir do material recolhido, trabalhos em grupo serão promovidos para uma nova discussão em torno dos resultados. Queremos construir uma agenda para qualificar as políticas socais a partir das sugestões que vieram”, comenta.

A partir do Colóquio, será elaborada uma agenda coletiva para qualificação das políticas sociais voltada ao biênio 2018/2020. “Além de ter um peso político, a agenda deverá fortalecer a mobilização e participação da comunidade. Queremos mostrar que é possível interferir nas políticas sociais”, avalia Vini

A atividade é aberta aos interessados e ocorrerá pela manhã e tarde para que participantes dos municípios vizinhos possam participar. As inscrições podem ser realizadas diretamente no Auditório Dom Antônio Zattera, a partir das 8h30. O evento é gratuito. Aos participantes que desejarem certificado, o custo será de R$ 10. 

Redação: Rita Wicth – MTB 14101 

foto da notícia

Por Portal UCPel

14/09/2018

Serviço Social da UCPel conta com nova docente e coordenadora

Ver fonte
O curso de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) conta com nova docente e coordenadora. Luciane Bastos da Silva será responsável pelas disciplinas de Política Social III, Observação Profissional II e Oficina de Formação Profissional IV, além das atividades de gestão da graduação.

Bacharel em Serviço Social e mestre em Política Social pela UCPel, Luciane atua na área desde os estágios da graduação. Em 2005, foi nomeada assistente social no Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP) e desenvolveu atividades junto às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) nos bairros Fátima e Pestano. 

Após, trabalhou na área de saúde e assistência social de Canguçu - município onde, entre 2014 e 2016, assumiu a Secretária Municipal de Saúde. Atualmente, em paralelo à docência, exerce a assistência social no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) AD Despertar, também na cidade vizinha.

Para Luciane, lecionar na UCPel é um grande desafio por se tratar de espaço de construção de saberes, e também por compartilhar conhecimento com mestres presentes em sua formação. "É uma oportunidade única de poder devolver à comunidade o aprendizado que construí e ampliar os saberes através da coletividade", avalia.

Em sua gestão na coordenação, pretende ampliar a participação de docentes e discentes nos contextos atuais da Universidade para construir alternativas sustentáveis de acolhimento e valorização da comunidade acadêmica e qualificação do curso. "Identifico a visão e missão da Católica com os princípios fundamentos do curso", finaliza.

Redação: Piero Vicenzi


foto da notícia

Por Portal UCPel

14/01/2014

Vestibular Fevereiro 2014 com Inscrições abertas!


Por Núcleo Web

18/11/2013

Vídeo da área: Ciências Jurídicas e Sociais na UCPel


Por Núcleo Web

28/08/2013

Minicurso sobre Pesquisa Social

miniatura Iniciou hoje, sob coordenação da professora Regina Mioto, minicurso sobre Pesquisa Social, destinado aos alunos do Curso de Serviço Social. 
O minicurso é uma grande oportunidade de aprofundar o conhecimento dos alunos sobre as técnicas de coleta e análise de dados na pesquisa social. 
É sempre bom lembrar que a pesquisa é fundamental na prática profissional dos assistentes sociais. 

Por Andrea
Tags: minicurso metodologia de pesquisa serviço social

28/08/2013

Curso de Serviço Social é destaque no Guia do Estudante

O Curso de Serviço Social da(o) Universidade Católica de Pelotas - Pelotas foi estrelado na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE) e constará da publicação GE Profissões Vestibular 2014. 
O c urso recebeu quatro estrelas, o que o coloca entre os melhores cursos de Serviço Social do país. 
Parabéns a todos alunos e professores! 

Por Andrea
Tags: Serviço Social qualidade Guia do Estudante

03/05/2012

PROGRAMAÇÃO EM COMEMORAÇÃO AO DIA 15 DE MAIO - DIA DO ASSISTENTE SOCIAL

miniatura DIA 04/05 - 
Tema: Parâmetros para atuação dos Assistentes Sociais na área da Saúde
Palestrante: A.S. Mirim Dias - Prof. na URGS e Presidente do CRESS da 10ª Região. 
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 

DIAS 11 e 12/05 -

6º Encontro Gaúcho de Assistentes Sociais - Educação não é mercadoria
Mais informações no site : http://www.cressrs.org.br/index.asp?page=destaque_not.asp&id=135

Dia 16/05 -
Oficina Coletiva realizada pelo 3º Semestre do Curso de Serviço Social da UCPel
Tema: Controle Social na Saúde: embates e possibilidades.
Local: Auditório de informatica : Sala 425 C
Horário: 19h15min .

Dia 18/05 -
Tema: Inserção dos Assistentes Sociais na área da Educação 
Lançamento do GT da Educação 
Palestrante: A.S. Neida O. de Lara - coordenadora técnica do CRESS 10ª Região e coordenadora do GT da educação - POA.
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 

Dia 25/05 -
Tema: Perspectivas de atuação dos Assistentes Sociais no SUAS
Palestrante: A.S. Elizabete Ramos - coordenadora do GT da seguridade social (Saúde - Previdência - Assistência) - POA e coordenadora do GT da Assitência.
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 


Atenção 

A atividade em comemoração aos 50 anos do Curso de Serviço Social da UCPel foi transferida do dia 11/05 para o dia 13/06. Em breve mais informações sobre o Evento.



Por Betiele

 1 2 3 >  Última página

Contato

(53) 2128-8222


Universidade Católica de Pelotas
Rua Félix da Cunha, 412
CEP: 96010-000
Pelotas - RS - Brasil
Fone: + 55 (53) 2128-80000

Desenvolvido por Núcleo Web - Assessoria de Comunicação e Marketing UCPel