Serviço Social

12/12/2017

Encontro do PPG em Política Social reúne pesquisadores da UCPel e da Colômbia

Ver fonte
A questão: ‘As políticas sociais assistenciais ajudam os povos indígenas na sua autodeterminação, ou os transformam em pobres?’ foi debatida em encontro realizado pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel). Acadêmicos e professores da Universidad del Magdalena e do Programa de Pós-Graduação em Política Social (PPGPS) da Católica analisam se os programas existentes são responsáveis por integrar povos indígenas na cultura hegemônica ou se favorecem a emancipação, respeitando o princípio da livre determinação.   

Graças a um convênio entre as duas instituições, o projeto de pesquisa, intitulado, Políticas de protección social para pueblos indígenas: entre la integración social y la libre determinación. Un estudio comparativo entre Brasil y Colombia está sendo responsável por integrar o trabalho desenvolvido pelas duas instituições. O 1º Encontro de Pesquisa, Extensão e Aliança com Povos Indígenas ocorreu entre os dias 04 e 05 de dezembro e reuniu estudantes e professores da UCPel e da Colômbia. 

De acordo com a professora da Universidad del Magdalena, Isabela Figueroa, essa integração irá gerar troca de conhecimento, visto que a UCPel tem um trabalho muito forte em política social e ainda inicial com povos indígenas; e a Universidad del Magdalena já tem um trabalho voltado para essas populações, mas começou recentemente pesquisas na área de políticas públicas. “Esse encontro foi importante para ver o andamento do trabalho de cada grupo e planejar o que será possível fazer daqui para a frente”, comentou.

Durante o encontro, foi lembrado que os povos indígenas estão sendo fortemente ameaçados no direito à terra, que é vital para dar materialidade aos demais direitos. “Um problema já constatado é que as exigências de acessos às políticas indígenas são as mesmas para quem mora em cidades. Elas desconsideram o modo de vida dos índios, seus costumes e a sua organização própria, o que dificulta e até impede o acesso a determinados direitos”, explica a professora do PPG da UCPel, Vini Rabassa da Silva.

Conforme a docente da UCPel, o projeto de pesquisa desenvolvido entre as duas Universidades pretende evidenciar nós entre a regulamentação e a execução das políticas. “Queremos dar visibilidade ao tensionamento entre uma ação pautada no respeito a livre determinação e uma intervenção condutora da assimilação cultural, comparando realidade e sistemas de proteção sociais diferenciados”, adianta. 

Na avaliação da docente da Universidade da Colômbia, a comparação dos dois estudos já demonstra que os efeitos das políticas sociais aplicadas aos povos indígenas têm as mesmas consequências tanto no Brasil quanto na Colômbia, guardadas algumas diferenças. “Tanto lá quanto aqui as políticas de assistência social não são pensadas a partir de perspectiva indígena”, comenta.

Um os principais objetivos de uma política de assistência, conforme Isabela, é tirar o pobre da pobreza e fazer com que ele possa entrar no mercado de trabalho para não precisar acessar mais a política. “Entretanto, o índio não quer ir para o mercado de trabalho e esse ponto faz com que a política deixe de funcionar. O grande problema não é a aplicação da política pública, mas sim a sua criação, que precisa ser pensada de outra maneira, inclusive com o conceito de pobreza mais voltado para a realidade indígena”, diz.

Visita à tribo Kaigang

Responsável por intermediar as tratativas entre integrantes da tribo Kaigang e Prefeitura de Pelotas em 2016, que resultou na doação de um terreno aos índios, a professora Isabela, juntamente com os estudantes da Colômbia Margarita Piroquive, Narciso Conchacolá, Carlos Parra e Gina Aldona visitaram a tribo Kaigang. Acadêmicos e professores da UCPel também acompanharam a visita. 
 
“Fiquei impressionada com o trabalho de extensão realizado pela UCPel no local. Da primeira vez que fui lá até agora teve avanços como o começo da construção das casas, que estão sendo feitas através de muito diálogo com eles”, diz Isabela, destacando que todo o trabalho desenvolvido pela Católica acompanha o ritmo e os problemas vivenciados pelo grupo de índios. 

Desde que passou a assessorar o grupo, a UCPel vem trabalhando na perspectiva de mediação de direitos. O primeiro passo foi escutar e descobrir no diálogo com as lideranças as suas necessidades reais, para a partir daí construir com o grupo formas possíveis de estabelecer a sua interlocução com setores governamentais responsáveis pela execução de políticas, informa a professa Vini. 

Além do PPG em Política Social e da Universidad del Magdalena, o trabalho de extensão realizado na Tribo Kaigang conta com acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Direito e Serviço Social. São parceiros institucionais a Cáritas Arquidiocesana de Pelotas, a Prefeitura de Pelotas e a FUNAI.  

O próximo encontro do projeto de pesquisa deverá ocorrer na Universidad del Magdalena, no segundo semestre de 2018.

foto da notícia

Por Portal UCPel

24/11/2017

Acadêmicos do curso de Serviço Social promovem Oficina Coletiva

Ver fonte
Nesta segunda-feira (27), acadêmicos de todos os semestres do curso de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) estarão reunidos para uma mostra sobre direito das pessoas com deficiência e redução dos direitos sociais trabalhistas. A atividade integra a avaliação final da disciplina de Oficina Profissional em Serviço Social. 

O 2º semestre da graduação abordará o direito de pessoas com deficiência física. Logo após, será feita a distribuição de panfletos contendo informações pertinentes sobre o assunto.

Já o 4º semestre apresentará o tema ‘Redução dos Direitos Sociais Trabalhistas’, momento em que farão uma dinâmica através de cartazes contendo informações sobre os direitos trabalhistas conquistados até hoje. Em seguida, discutirão sobre a reforma trabalhista, explicando como ela atinge a população. Uma portaria recente que trata sobre trabalho escravo também será discutida durante a dinâmica.

Para concluir a Oficina Coletiva, os acadêmicos do 6º semestre trarão o tema ‘Dependência Química’, apresentando maneiras de como as políticas públicas lidam com os desafios dessa demanda. Haverá também uma roda de conversa sobre a redução de danos. 

Conforme explica uma das professoras organizadoras da atividade, Carla Araujo, a oportunidade serve para promover a integração do curso com o restante da comunidade acadêmica. “Este é o momento para observar o que o profissional em Serviço Social realiza no mercado de trabalho”, complementa. 

A Oficina Coletiva ocorrerá a partir das 19h15min e será destinada para acadêmicos do curso e comunidade. O evento ocorrerá no Saguão do Campus I.  

Redação: Alisson Lopes 


foto da notícia

Por Portal UCPel

16/11/2017

Docente da UCPel palestra na UFRGS

Ver fonte
A professora do curso de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Carla Ávila, palestrou no Instituto de Ciências Humanas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no dia 14 de novembro. O título da palestra foi “Os conflitos raciais na contemporaneidade: a interface da militância, produção acadêmica e imaginário social no Brasil pós ações afirmativas”.
 
A palestra fez parte da disciplina nomeada “Afrodescendência e Cidadania no Brasil Contemporâneo”, ministrada para os cursos de Ciências Sociais, História, Políticas Públicas e Letras da (UFRGS). 


Por Portal UCPel

14/01/2014

Vestibular Fevereiro 2014 com Inscrições abertas!


Por Núcleo Web

18/11/2013

Vídeo da área: Ciências Jurídicas e Sociais na UCPel


Por Núcleo Web

28/08/2013

Minicurso sobre Pesquisa Social

miniatura Iniciou hoje, sob coordenação da professora Regina Mioto, minicurso sobre Pesquisa Social, destinado aos alunos do Curso de Serviço Social. 
O minicurso é uma grande oportunidade de aprofundar o conhecimento dos alunos sobre as técnicas de coleta e análise de dados na pesquisa social. 
É sempre bom lembrar que a pesquisa é fundamental na prática profissional dos assistentes sociais. 

Por Andrea
Tags: minicurso metodologia de pesquisa serviço social

28/08/2013

Curso de Serviço Social é destaque no Guia do Estudante

O Curso de Serviço Social da(o) Universidade Católica de Pelotas - Pelotas foi estrelado na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE) e constará da publicação GE Profissões Vestibular 2014. 
O c urso recebeu quatro estrelas, o que o coloca entre os melhores cursos de Serviço Social do país. 
Parabéns a todos alunos e professores! 

Por Andrea
Tags: Serviço Social qualidade Guia do Estudante

03/05/2012

PROGRAMAÇÃO EM COMEMORAÇÃO AO DIA 15 DE MAIO - DIA DO ASSISTENTE SOCIAL

miniatura DIA 04/05 - 
Tema: Parâmetros para atuação dos Assistentes Sociais na área da Saúde
Palestrante: A.S. Mirim Dias - Prof. na URGS e Presidente do CRESS da 10ª Região. 
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 

DIAS 11 e 12/05 -

6º Encontro Gaúcho de Assistentes Sociais - Educação não é mercadoria
Mais informações no site : http://www.cressrs.org.br/index.asp?page=destaque_not.asp&id=135

Dia 16/05 -
Oficina Coletiva realizada pelo 3º Semestre do Curso de Serviço Social da UCPel
Tema: Controle Social na Saúde: embates e possibilidades.
Local: Auditório de informatica : Sala 425 C
Horário: 19h15min .

Dia 18/05 -
Tema: Inserção dos Assistentes Sociais na área da Educação 
Lançamento do GT da Educação 
Palestrante: A.S. Neida O. de Lara - coordenadora técnica do CRESS 10ª Região e coordenadora do GT da educação - POA.
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 

Dia 25/05 -
Tema: Perspectivas de atuação dos Assistentes Sociais no SUAS
Palestrante: A.S. Elizabete Ramos - coordenadora do GT da seguridade social (Saúde - Previdência - Assistência) - POA e coordenadora do GT da Assitência.
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 


Atenção 

A atividade em comemoração aos 50 anos do Curso de Serviço Social da UCPel foi transferida do dia 11/05 para o dia 13/06. Em breve mais informações sobre o Evento.



Por Betiele

 1 2 3 >  Última página

Contato

(53) 2128-8222


Universidade Católica de Pelotas
Rua Félix da Cunha, 412
CEP: 96010-000
Pelotas - RS - Brasil
Fone: + 55 (53) 2128-80000

Desenvolvido por Núcleo Web - Assessoria de Comunicação e Marketing UCPel