Serviço Social

19/04/2018

Novo projeto de extensão da UCPel trabalha questões étnico-raciais

Ver fonte
Desde 2013, as relações sobre o racismo viraram objeto de estudo de acadêmicos da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). Liderados pela professora Carla Ávila, o grupo tornou-se recentemente projeto de extensão e terá pela frente um novo desafio: refletir junto da comunidade questões sobre identidade, democracia racial, diversidade, afirmação da raça negra, entre outras dificuldades vivenciadas por moradores de bairros periféricos.   

A primeira atividade do projeto de extensão ocorreu no bairro Jardim Europa para crianças de 8 a 12 anos. Através de uma oficina, a discussão racial foi tratada de forma lúdica, mas sem descuidar da importância do tema. Proposta pela acadêmica do curso de Serviço Social, Suzana Cardoso, a ideia da atividade surgiu ao tomar conhecimento de que alunos de uma escola estavam sofrendo racismo. “Diante disso, vi a importância de tratar do tema para fortalecer a autoestima das crianças negras e mostrar às crianças brancas a importância do respeito às diferenças”, justifica. 

Para o segundo semestre, o grupo já possui diversos convites. O bairro Navegantes, uma comunidade de umbanda, o Centro Atendimento de Integração à Criança (CAIC), já solicitaram a presença dos acadêmicos para a realização de atividades. A Secretaria de Cultura de Pelotas acerta parceria com o grupo. 

Conforme explica a professora Carla, as atuações junto à comunidade são precedidas de várias leituras, com o objetivo de promover a problematização de todas as relações que permeiam o racismo. A participação no projeto de extensão ainda inspira a realização de trabalhos de conclusão de curso e apresentações dos resultados em eventos acadêmicos. Em sua sétima edição, o evento Consciência Negra UCPel: Amplie a Sua! celebra o trabalho realizado anualmente através da discussão de assuntos de interesse da comunidade e ocorre sempre no mês de novembro.   

Discussão ainda necessária 

Na avaliação da docente, o racismo segue muito presente no imaginário social, mesmo depois da declaração da Unesco sobre a inexistência de raças. “Dados do mapa da violência, em que jovens negros sem estudos são as maiores vítimas, dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, sobre desigualdades entre negros e brancos, comprovam que a grande parte dos atingidos são negros”, argumenta.    

Carla também lembra a responsabilidade da ciência na elaboração de teorias racistas. “Mesmo tendo contribuindo muito para a formulação do racismo, a academia também construiu muita teoria para desconstruir o preconceito, o problema é que ela não chega aonde precisa”, explica. De acordo com a docente, levar a oficina aos bairros é uma forma de enfrentar o achismo e o senso comum através de dados científicos.  

O trabalho desenvolvido pelo grupo, destaca Carla, segue a prática extensionista desenvolvida pela UCPel. “Nossa igualdade é na nossa diferença, respeitar o outro, a opinião divergente, a diversidade – longe dos padrões impostos pela mídia – encontra respaldo através da teoria”, complementa.

Neste semestre letivo, o grupo estuda textos sobre a psicologia social do racismo. A partir de leituras, a criação de oficinas – que levam em consideração o processo construído por vários olhares - são criadas. Outros temas como mídia e racismo, inserção do negro na escola, políticas afirmativas, a mulher negra no telejornalismo, por exemplo, foram objeto de estudo e pesquisa.

O grupo de acadêmicos e bolsistas realiza encontros semanais nas sextas-feiras, das 18h às 19h, na Capelania Universitária, localizada no Campus I da UCPel. O projeto de extensão está aberto a participação da comunidade. Mais informações podem ser obtidas através do e-mail carla.avila@ucpel.edu.br .

Redação: Rita Wicth – MTB 14101


foto da notícia

Por Portal UCPel

18/04/2018

Reunião aberta na UCPel trata sobre segurança alimentar e criação de conselho sobre a temática

Ver fonte
O grupo de estudos ‘Questão Agrária, Urbana e Ambiental – Observatório Conflitos da Cidade’, da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), promove, na quarta-feira (25), reunião aberta sobre segurança alimentar. Voltada para a comunidade acadêmica e interessados, a atividade ocorrerá a partir das 17h na sala 306B.

Vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Política Social e Direitos Humanos (PPGPSDH) e ao curso de Serviço Social, o grupo busca discutir assuntos referentes às cidades. Desde 2013, acompanha famílias envolvidas com o Plano Camponês em Pelotas. Organizado por movimentos sociais ligados à Reforma Agrária, o plano foi responsável pela pauta de recursos públicos para a produção de alimento agroecológico.

Conforme explica a coordenadora do grupo, professora Cristine Jaques Ribeiro, o Rio Grande do Sul foi o único estado do Brasil a liberar o recurso. “Enquanto grupo, analisamos a eficácia do Plano Camponês. Constatamos que em Pelotas não havia um Conselho Municipal de Segurança Alimentar”, conta. Em função disso, a verba não pôde ser destinada as mais de 600 famílias interessadas no município.

Para ampliar o debate de segurança alimentar em Pelotas e chamar atenção para a necessidade da criação de um Conselho Municipal, o grupo organizou seminários em 2015 e 2016. “A reunião aberta vem para retomar essas discussões, contextualizar e acompanhar a solicitação da criação do Conselho”, afirma a coordenadora.

Na Reunião Aberta, a temática será apresentada e discutida pelo coordenador do Núcleo de Economia Solidária (NESIC/UCPel), professor Tiago Nunes; diretora da Cáritas Arquidiocesana de Pelotas, Márcia Rodrigues e pela coordenadora do grupo, professora Cristine Jaques Ribeiro. Não é necessário realizar inscrição prévia e os interessados poderão solicitar atestados de participação.

Redação: Piero Vicenzi

foto da notícia

Por Portal UCPel

02/04/2018

Saúde mental, arte e cultura são foco da Semana Acadêmica do curso de Serviço Social

Ver fonte
A saúde mental e os espaços de arte e cultura como potencializadores da atenção em saúde será o centro dos debates promovidos pela Semana Acadêmica do curso de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). A atividade ocorrerá de 16 a 20 de abril, no Auditório Dom Antônio Zattera e no saguão do Campus I.

“A saúde dos homens daqui é o medo dos homens de lá, a cultura como possibilidade de atuação do serviço social” será o tema da semana acadêmica. Cine debate, exposição de arte, mateada e palestras compõem a programação com atividades à tarde e à noite. 

De acordo com a estudante e uma das organizadoras, Bruna Tillman, o evento vai tratar sobre assuntos pouco abordados dentro do curso. “A semana acadêmica é um importante espaço para debatermos temas que permeiam a prática profissional, problematizando expressões da questão social para além das tratadas na academia”, diz.

Além disso, o evento possibilita a interação interdisciplinar entre estudantes e profissionais. Estimula a troca de conhecimentos, o relato de experiências e a qualificação da formação inicial de acadêmicos e atualização dos profissionais envolvidos.

As inscrições podem ser feitas através desse link . Estudantes da UCPel pagam R$ 5,00; de outras instituições, R$ 7,00. O valor para profissionais e demais públicos é de R$ 10,00. O pagamento deverá ser efetuado no primeiro dia do evento.

Programação
16/04
14h: Exposição Produção Artística dos Usuários de Saúde Mental da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Local: saguão do Campus I. 
19h: Mesa de abertura “Que tempos são esses?”. Local: sala 410C.

17/04
16h: Mateada e mostra artística e cultural: apresentação dos estudantes. Local: saguão do Campus I.
19h: Mesa “Saúde Mental e Saúde Coletiva”. Local: Auditório Dom Antônio Zattera.

18/04
18h: Mesa “A saúde mental dos trabalhadores e trabalhadoras”. Local: Auditório Dom Antônio Zattera.

19/04
15h: Cine Debate com o filme “Nise – o coração da loucura”. Local: Auditório Dom Antônio Zattera.
19h: Mesa “Uma outra possibilidade de pensar a cultura”. Local: Auditório Dom Antônio Zattera. 

20/04
20h: O lado bom da vida – espaço de sociabilidade e troca de experiências. Local: externo da UCPel.

Redação: Piero Vicenzi


foto da notícia

Por Portal UCPel

14/01/2014

Vestibular Fevereiro 2014 com Inscrições abertas!


Por Núcleo Web

18/11/2013

Vídeo da área: Ciências Jurídicas e Sociais na UCPel


Por Núcleo Web

28/08/2013

Minicurso sobre Pesquisa Social

miniatura Iniciou hoje, sob coordenação da professora Regina Mioto, minicurso sobre Pesquisa Social, destinado aos alunos do Curso de Serviço Social. 
O minicurso é uma grande oportunidade de aprofundar o conhecimento dos alunos sobre as técnicas de coleta e análise de dados na pesquisa social. 
É sempre bom lembrar que a pesquisa é fundamental na prática profissional dos assistentes sociais. 

Por Andrea
Tags: minicurso metodologia de pesquisa serviço social

28/08/2013

Curso de Serviço Social é destaque no Guia do Estudante

O Curso de Serviço Social da(o) Universidade Católica de Pelotas - Pelotas foi estrelado na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE) e constará da publicação GE Profissões Vestibular 2014. 
O c urso recebeu quatro estrelas, o que o coloca entre os melhores cursos de Serviço Social do país. 
Parabéns a todos alunos e professores! 

Por Andrea
Tags: Serviço Social qualidade Guia do Estudante

03/05/2012

PROGRAMAÇÃO EM COMEMORAÇÃO AO DIA 15 DE MAIO - DIA DO ASSISTENTE SOCIAL

miniatura DIA 04/05 - 
Tema: Parâmetros para atuação dos Assistentes Sociais na área da Saúde
Palestrante: A.S. Mirim Dias - Prof. na URGS e Presidente do CRESS da 10ª Região. 
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 

DIAS 11 e 12/05 -

6º Encontro Gaúcho de Assistentes Sociais - Educação não é mercadoria
Mais informações no site : http://www.cressrs.org.br/index.asp?page=destaque_not.asp&id=135

Dia 16/05 -
Oficina Coletiva realizada pelo 3º Semestre do Curso de Serviço Social da UCPel
Tema: Controle Social na Saúde: embates e possibilidades.
Local: Auditório de informatica : Sala 425 C
Horário: 19h15min .

Dia 18/05 -
Tema: Inserção dos Assistentes Sociais na área da Educação 
Lançamento do GT da Educação 
Palestrante: A.S. Neida O. de Lara - coordenadora técnica do CRESS 10ª Região e coordenadora do GT da educação - POA.
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 

Dia 25/05 -
Tema: Perspectivas de atuação dos Assistentes Sociais no SUAS
Palestrante: A.S. Elizabete Ramos - coordenadora do GT da seguridade social (Saúde - Previdência - Assistência) - POA e coordenadora do GT da Assitência.
Local: Auditório da Casa dos Conselhos (Três de maio, 1060)
Horário: 19h as 22h. 


Atenção 

A atividade em comemoração aos 50 anos do Curso de Serviço Social da UCPel foi transferida do dia 11/05 para o dia 13/06. Em breve mais informações sobre o Evento.



Por Betiele

 1 2 3 >  Última página

Contato

(53) 2128-8222


Universidade Católica de Pelotas
Rua Félix da Cunha, 412
CEP: 96010-000
Pelotas - RS - Brasil
Fone: + 55 (53) 2128-80000

Desenvolvido por Núcleo Web - Assessoria de Comunicação e Marketing UCPel